A Frente Baixada Santista Pela Vida é uma reunião de organizações da sociedade civil e pessoas físicas que realizaram, de abril a agosto, ações voltadas à promoção da vida, da igualdade e da solidariedade na região da Baixada Santista. A Frente surgiu a partir da crise humanitária agravada pelo novo coronavírus e direcionou esforços principalmente ao enfrentamento emergencial do efeito das desigualdades sociais nos territórios e comunidades mais vulnerabilizadas da região com distribuição de cestas básicas, kits de higiene, máscaras, entre outras ações.

A Baixada Pela Vida surgiu após uma articulação entre quatro organizações da sociedade civil atuantes na região da Baixada Santista: Arte no Dique, Fórum da Cidadania de Santos, Instituto Elos e Instituto Procomum e contou com adesão de outras 10 organizações além de inúmeras pessoas, coletivos e líderanças comunitárias que fizeram parte desta grande rede solidária que impactou cerca de 10 mil pessoas na Baixada Santista. Saiba mais.

A Frente se organizou por meio da atuação em 3 pilares: arrecadação de doações físicas, arrecadação de recursos online e articulação institucional com poder público, privado e outras organizações.

Em agosto de 2020 encerramos as ações do Baixada Pela Vida, celebrando tudo que foi realizado e conscientes de que muitas organizações seguem fazendo esse trabalho que ainda é essencial e emergencial. Sugerimos buscar outras ações similares ou entrar em contato diretamente com as organizações que aderiram ao manifesto. 

A campanha online já beneficiou: Pinhal do Miranda (Cubatão), Jardim São Manoel (Santos), Alemoa (Santos), Vila Resistência (Santos), São Bento (Santos), Bela Vista (Santos), Morro Santa Maria (Santos), Dique da Vila Gilda (Santos) e Aldeia Paranapuã (São Vicente), além de bairros em Bertioga, Praia Grande e Mongaguá. Além destas, ainda serão beneficiadas outras comunidades indígenas, pessoas em situação de rua (através da Mitra Diocesana) e empreendimentos de economia solidária de toda a Baixada Santista.

Arrecadação física de doações por meio meio dos pontos e do projeto Condomínio Sustentável, articulação juntos aos governos municipais e empresas de serviços essenciais, articulação junto a outros projetos e campanhas de enfrentamento da covid-19 e disseminação de informação.